Colômbia em números | Colombia in numbers

Nº de quilómetros percorridos: 1950 Km

Dia de entrada: 19.07.2014

Dia de saída: 16.10.2014

Estadia: 90 dias

Maior distância diária percorrida: 93,11 Km

Melhor média diária: 17,53 Km/h

Nº máximo de dias ciclados sem descanso: 6 dias

Nº de boleias apanhadas: 1 até Manizales e outra até Barbosa.

Nº de outros transportes apanhados: 2 autocarros, um entre Bogotá e Medellin e outro entre Popayán e Ipiales.

Nº de noites: 90

Nº de noites em que acampámos: 6

Nº de noites passadas em motéis/hostels: 41

Nº de noites pagas: 43

Nº de dias parados: 49

Nº de furos: 4 (dois cada um)

Nº de correntes nas bicicletas: trocámos as correntes uma vez e também as cassetes.

Problemas com as bicicletas: o Pedro trocou os pneus.

Nº máximo de dias sem tomar banho: um. Houve banhos de água quente, água fria e água gelada.

Nº de departamentos visitados: 13 (Magdalena, Cesar, Norte de Santander, Santander, Boyacá, Cundinamarca, Antioquia, Caldas, Risaralda, Quindio, Valle del Cauca, Cauca, Nariño)

Dinheiro gasto: € 850 por mês.

Melhor momento: Salento e ver os nossos amigos portugueses

Pior momento: os primeiro dias nas montanhas foram muito duros e difíceis

A Colômbia é um óptimo destino para viajar de bicicleta. O segundo desporto nacional é o ciclismo e por isso toda a gente está muito habituada a ver ciclistas na estrada e os automobilistas são incrivelmente corteses, o que torna o percurso muito seguro. As estradas estão em boas condições, e geralmente têm berma, mas quando não há, o que acontece maioritariamente nas montanhas, o trânsito circula a velocidade lenta.

As pessoas são um dos melhores motivos para viajar por estas bandas, pois são incrivelmente simpáticas, acolhedoras e generosas, com muito orgulho no seu país.

A comida, apesar de não ser da mais deliciosa que já provámos, vem em amplas doses, suficientes para satisfazer um ciclista esfomeado e acaba por ser mais barato comer fora que comprar comida para cozinhar, uma vez que a refeição inclui sopa, sumo e às vezes fruta.

As paisagens são o ex-libris deste país, de tão diversificadas que se apresentam. Não visitámos tudo mas há a costa das caraíbas, o Pacífico, selva, deserto, incríveis montanhas verdes e outras bem mais áridas, lagos e rios. Há calor dos trópicos e frio das altas montanhas, cidades cinzentas e outras de clima primaveril e culturas algo distintas, dependendo do sítio onde nos encontramos.

Como habitualmente excedemos o orçamento, essencialmente porque nos primeiros dias estivemos em Cartagena, uma cidade caríssima e depois porque dormimos muitas vezes em pensões e pequenos hóteis, que a viagem já vai longa e o nosso corpo já vai reclamando algum conforto. Apesar de tudo a estadia é bastante barata o que nos leva à preguiça de procurar sítios para dormir. Dito isto podemos dizer que uma das melhores experiências que tivemos foi quando acampámos no jardim de uma família.

 IMGP0176

Number of miles traveled: 1212 miles

Day of arrival: 19.07.2014

Day of departure: 16.10.2014

Stay: 90 days

Greater daily distance: 58 miles

Best daily average: 10,90 m/h

Maximum number of days cycled without stopping: 6 days

No. of hitchhikes: 2, one to Manizales and another until Barbosa.

No. of other transport caught: 2 buses, one between Bogota and Medellin and the other between Popayan and Ipiales.

Number of nights: 90

Number of nights where we camped: 6

Number of nights spent in motels / hostels: 41

Number of paid nights: 43

Number of strike days: 49

Number of flat tires: 4 (two each)

Number of chains on the bikes: we exchanged the chains once and also the cassetes.

Problems with the bikes: Pedro changed the tires.

Maximum number of days without showering: one. There baths of hot water, cold water and cold water.

Number of visited departments: 13 (Magdalena, Cesar, Norte de Santander, Santander, Boyacá, Cundinamarca, Antioquia, Caldas, Risaralda, Quindio, Valle del Cauca, Cauca, Nariño)

Money spent: € 850 per month.

Best moment: Salento and seeing our Portuguese friends

Worst moment: the first days in the mountains were very hard and difficult

Colombia is a great destination to travel by bicycle. The second national sport is cycling and so everyone is very used to seeing cyclists on the road and drivers are incredibly polite, which makes the route very safe. The roads are in good condition, and usually have a shoulder, but when there none, it’s mostly on the mountains and the traffic moves at slow speed.

People are one of the best reasons to travel in these part of the world, they are incredibly friendly, welcoming and generous, with a lot of pride in their country.

The food, although not the most delicious we have tried, comes in large portions, enough to satisfy a hungry cyclist and ends up being cheaper eating out than to buying food to cook, usually the meal includes soup, a natural juice and sometimes even fruit.

Landscapes are the ex-libris of this country, so diversified they are. We didn’t visited all of them but there is the Caribbean coast, the Pacific coast, the jungle, the desert, incredible green mountains and some arid ones too, lakes and rivers. There is the tropical heat and the cold of the high mountains, gray cities and some on a permanent spring weather and very distinct cultures depending on where we are.

As usual we exceeded the budget, mainly because of the the early days in Cartagena, which is an expensive city and then because we often slept in guesthouses and small hotels, since we have now travelled for a long time and our bodies are demanding some comfort. Despite all that the prices are quite cheap which leads us to be lazy in searching places to sleep. That said, truth is that one of the best experiences we had was when we camped in the garden of a family.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s