Washington I love you

Washington é, até agora a nossa cidade preferida nos Estados Unidos. Uma das razões é, evidentemente, a extrema facilidade com que nos podemos deslocar de bicicleta. Não há muito trânsito, os carros não circulam a grande velocidade, existem faixas para ciclistas nas vias principais, um sistema de bicicletas partilhado, avenidas largas e uma profusão de pessoas a deslocar-se de bicicleta para cima e para baixo. Pelo que nos foi relatado o metro não funciona assim muito bem, o que também acaba por incentivar o uso das bicicletas.

Vimo-nos assim com a entrada na cidade bastante facilitada, e bem assim nas nossas deslocações para a visitar.E se Washington DC tem coisas para visitar! Para começar quase tudo é grátis, edifícios públicos, memoriais e praticamente todos os museus. Há espaços verdes em barda, bebedouros públicos, um rio para passear, restaurantes diversos e pessoas cheias de pinta a andar na rua.A política urbanista da cidade não permite a construção de edifícios com mais de doze andares e as avenidas são largas e luminosas, o que a torna uma cidade agradável. Na nossa cabeça vai passando constantemente a música Washington DC, dos Magnetic Fields, do seu fabuloso álbum 69 Love Songs, cujo link não conseguimos deixar mas que podem procurar no maravilhoso mundo da internet.

Este foi também o primeiro sítio onde ficámos com amigos, depois de Boston, o que imediatamente tornou a cidade menos austera e desconhecida. Graças à Joana e ao Francisco (e à Francisca e ao Micha) voltámos a falar português sem ser um com o outro, saímos para beber um copo à noite e tomámos brunch no dia seguinte, fomos almoçar e jantar fora, fizemos um jantar em casa da Joana, enfim, tudo coisas que faríamos se estivéssemos em casa, e que bem que soube!

IMGP1261

IMGP1264

IMGP1267

IMGP1268

IMGP1312

So far Washington DC is our favorite city in the United States. One of the reasons is the easy way how we can get around in a bicycle. There’s not a lot of traffic, the cars o at a reasonable speed, there are some cycle lanes in the main streets, there is a shared bike system, the avenues and streets are large, and a lot of people bicycles up and down. People have been telling us that the metro doesn’t work so good, so people tend to use a bike.

So it was easy to enter the city and also to get around visiting it. And Washington has a lot of things to visit! For a start almost everything is free, public buildings, memorials and almost all of the museums. There are lots of green spaces, public fountains, a river to walk around, lots of restaurants and real cool people on the streets. It is forbidden to build over twelve floors and the streets are wide and luminous, which makes the city very pleasant. In our head we hear constantly the song Washington DC, from The Magnetic Fields and their fabulous album 69 love Songs. We weren’t able to leave the link, but we encourage you to look it up online.

This was also the first place where we stayed with some friends, since Boston, and that per se helped to turn the city less austere and unknown. Thanks to Joana and Francisco (and Francisca and Micha) we spoke portuguese with other people, went out for a drink at night and for brunch the next day, had lunch and dinner in restaurants, cooked at Joana’s, all and all, the same stuff we would do if we were at home, at that was just great!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s