A primeira provação | The first defiance

Após termos montado a tenda, e cozinhado e comido o jantar, preparámo-nos para dormir bem cedo, planeando acordar igualmente cedo e partir com os primeiros raios da manhã, mas mal sabíamos nós…

Pela uma ou duas da manhã somos acordados por um rufar sonoro intenso.  Lá fora a chuva caía em grande quantidade, restolhando na cobertura exterior da tenda. Acordámos antes do tempo, mas tendo dormido já um período considerável, as pálpebras recusavam-se a voltar a fechar, e ficámos algum tempo acordados a ouvir  chuva cair. Eventualmente caímos de novo num sono, mas algo ligeiro e sobressaltado.

De manhã acordámos para um exterior encharcado e um interior húmido. A chuva torna tudo muito mais lento, e a nossa confiança negligente na bondade do mundo ignorava o carácter implacável das forças natureza. Esperámos algum tempo dentro da tenda na esperança de a chuva parar, mas abrandava apenas para regressar  à mesma intensidade fustigante. Apesar de todos os sacos impermeáveis, e de termos colocado os tachos e outros objetos da cozinha por baixo do oleado que protegia as bicicletas, aquilo que não estava completamente protegido ficou encharcado, ou pelo menos húmido. Incluindo a tenda. Sem alternativa e com alojamento agendado para perto de New Hope para a noite seguinte, decidimos arrumar tudo, seco ou molhado, e partir.

A chuva tornou-nos lentos também na viagem: menos móveis e demasiado quentes pelos impermeáveis, e nas descidas, a velocidade combinada com a chuva cegava-nos. Sem ter planeado o dia, e miseráveis pela chuva entrámos no primeiro (e único) bar que tínhamos ao longo da nossa rota a  Neshanic Station Inn, em Neshanic Station. O cliché clássico do longo balcão tortuoso, ambiente sombrio e pessoas a beber enquanto conversavam e riam, mais ao longe famílias almoçavam numa toada lenta. Um porto de abrigo improvável.

Já mais descansados, atacámos a última parte da etapa, toda praticamente a subir. Íamos ficar em casa do Ken e da Barb Sharpe em New Hope, já depois da fronteira que separa os estados de Nova Jersey e Pensilvânia. A chuva, apesar de incessante tinha abrandado e passámos o rio Delaware com as binas pela mão. Parámos imediatamente após a ponte em mais um dos inúmeros Starbucks para nos aquecermos com uma bebida quente e ligar ao Ken. Ele disse que não tivéssemos pressa e que iria ao nosso encontro. Pouco tempo passou até uma pickup aparecer onde o condutor acenava entusiasticamente e perguntava se queríamos boleia. Pusemos a carga e bicicletas na caixa da pickup e os últimos 10 km, na sua maioria subidas, foram feitos na cabine entre apresentações e perguntas. O Ken, um homem afável e bem humorado nos seus 74 anos, aparentava ser uns 15 anos mais novo. Ele e a Barb ciclam de forma regular e viajam com as suas bicicletas para a velha europa, dando frequentemente umas voltas por lá. Terá sido um vislumbre ao nosso próprio futuro? Esperamos que sim.

IMGP1048

IMGP1053

IMGP5832

IMGP1056

IMGP1059

After setting the tent and cooked dinner, we were ready to sleep really soon, planning to awake with the first rays of sun, however…

Around one or tow in the morning we woke up to some intense sounding rumble. Outside the rain was falling rustling in the outer shell of the tent. We woke up before time, but we had already slept for a few hours, so the eyes didn’t want to close and we kept awake listening to the rain. Eventually we fell asleep again, but not in a very profound way.

In the morning we woke up to a wet outside and a moist inside. The rain was making everything more slow, and our trust in the worlds kindness ignored the relentless character of the forces of Nature.

We waited for a little while hoping for the rain to stop, but it would only mitigate to only return with the same lashing intensity. 

Despite all the dry bags, and of the fact that we tried to put everything under the tarp that was protecting the bikes that didn’t went so well so the stuff got all wet or at least moist. And that includes the tent. With no alternative and with our next guest already scheduled to New Hope for the next night we decided to pack everything, wet or dry, and to leave.

The rain made us slow, also during the trip: we were less mobile and too hot due to the rainproof clothes, and in the descents the velocity and the rain would blind us. Without having any plans, and miserable due to the rain, we entered in the first (and only) bar that was on our route, the Neshanic Station Inn, in Neshanic Station. The classic cliché of the big counter, gloomy atmosphere and people drinking while they laughed and talked at the same time. A bit further families were having lunch in a slow pace. It was an improbable haven. 

A little more rested, we attacked the last part of the route, almost climbing all the way. We were supposed to stay at Ken and Barb’s Sharpe in New Hope, after the board that separates the states of New Jersey and Pensilvania. The rain had slowed and we passed the bridge over the Delaware river with the bicycles by hand. We stopped immediately after the bridge in on of the countless Starbucks to drink something warm and to call Ken. He told us not to rush and that he would meet us. Not so long after that a pickup with a waving driver appeared and asked us if we wanted a ride. We put the cargo and the bicycles in the back and the last 7 miles, mostly going up, were made in the cabin among presentations and questions. Ken, a nice and humorous man in his 74 years old, looked 15 years younger. He and his wife Barb cycle regularly and travel to Europe with their bikes. Was it a glimpse at our own future? We sure hope so.

Anúncios

6 pensamentos sobre “A primeira provação | The first defiance

  1. Grande aventura! Força que ainda agora começou.
    Essa casa (1ªfoto) parece que se vai desmoronar a qualquer momento.. lol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s