El Salvador em números | El Salvador in numbers

Nº de quilómetros percorridos: 333 Km

Dia de entrada: 16.05.2014

Dia de saída: 26.05.2014

Estadia: dez dias

Maior distância diária percorrida: 102,08 Km

Melhor média diária: 16,19 Km/h

Nº máximo de dias ciclados sem descanso: 2

Nº de boleias apanhadas: 0

Nº de outros transportes apanhados: andámos como José na sua pick-up e no carro que ele nos emprestou conduzido pelo Pedro

Nº de noites: 10

Nº de noites em que acampámos: 0

Nº de noites passadas em motéis/hostels: 5

Nº de noites pagas: 5

Nº de dias parados: 6

Nº de furos: 2 (Sara)

Nº de correntes nas bicicletas: 0

Problemas com as bicicletas: nenhum

Nº máximo de dias sem tomar banho: nenhum, todos de água fria.

Dinheiro gasto: 240 €.

El Salvador foi uma total surpresa. Desta vez não tínhamos quaisquer expectativas, apenas sabíamos que estávamos em território de gangs violentos e que não nos queríamos demorar muito, para evitar um encontro trágico. Na verdade nunca nos sentimos sob qualquer tipo de ameaça e as pessoas são extremamente simpáticas, embora continuem a identificar-nos como gringos.

Finalmente conseguimos ficar dentro do orçamento ,já que este é um dos países mais baratos da América Central, embora a sua moeda oficial seja o dólar americano. Comer três pupusas (normalmente quatro ou cinco chegam para alimentar um ciclista esfomeado) custa um dólar e um hotel simpático quinze dólares por noite.

Conhecer o José e a sua simpática família foi a cereja no topo do bolo e passar uns dias na praia sem fazer nenhum um verdadeiro prazer. El Salvador é um país a que gostaríamos de voltar e o qual aconselhamos como destino turístico próximo já que daqui a uns anos as palmeiras vão estar no chão e em seu lugar casas e hotéis para receber os amantes de oceanos quentes.

IMGP0746

No. of miles: 207 miles

Day of arrival: 16.05.2014

Day of departure: 26.05.2014

Stay: ten days

Best daily distance: 64 miles

Best daily average: 10.06 m/h

Maximum number of days cycled without rest: 2

No. of rides: 0

No. of other means of transportation: we were drove around by Jose in his pick-up truck and he lend us his car that Pedro drove

No. of nights: 10

No. of nights we camped: 0

No. of nights spent in motels: 5

No. of paid nights: 5

No. of days stopped: 6

No. of flats: 2 (Sara)

No. of chains on the bikes: 0

Problems with the bicycles: 0

Maximum number of days without showering: none, all with cold water

Money spent: 240 €

El Salvador was a complete surprise. This time we had no expectations, we only knew that we would be in gangs territory and that we didn’t want to take too long to avoid a tragic encounter. Actually we never felt under any kind of threat and people are extremely nice, even tough they keep identifying us as gringos.

Finally we managed to stay within our budget since this is one of the cheapest countries in Central America, even tough the official currency is the american dolar. Three pupusas (usually four or five are enough to satisfy an hungry cyclist) cost one dolar and a nice hotel fifteen dolars per night.

Meeting Jose and his family was a real treat and spending a few days on the beach doing nothing a true pleasure. El Salvador is a country to where we would like to come back and that we advise as the next tourist destination, since in a few years the palm trees will be down and in their place there will be houses and hotels to receive the lovers of hot ocean waters.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s